UM ESTUDO HISTÓRICO-INSTITUCIONAL DO PROGRAMA TERRA LEGAL DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA NA AMAZÔNIA

Gabriel Moraes Outeiro

Resumo


O aumento da informalidade em assentamentos urbanos tem tornado a regularização fundiária uma questão fundamental nas cidades brasileiras. Na Amazônia, devido ao seu processo histórico de ocupação, que produziu desigualdade social, este é um assunto ainda mais relevante, o que levou à formulação do Programa Terra Legal de regularização fundiária urbana, com vistas à garantia do direito fundamental à moradia, garantido constitucionalmente. Este estudo tem por escopo analisar o Programa Terra Legal, sob o arcabouço teórico do neoinstitucionalismo. Trata-se de pesquisa qualitativa, que se utilizou de pesquisa bibliográfica e documental. Como principal resultado, constatou-se que o Programa Terra Legal se caracteriza mais como um ajuste incremental dentro da mesma trajetória de exclusão socioespacial, com efeitos limitados rumo à democratização do acesso ao solo.

Palavras-chave


Neoinstitucionalismo; Regularização Fundiária Urbana; Programa Terra Legal; Amazônia Legal

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVICH, Vitor; COURTIS, Christian. El umbral de la ciudadanía: el significado de los derechos sociales em el Estado social constitucional. Buenos Aires: Del Puerto, 2006.

ANDRADE, Lucia Cristina et al. Programa Terra Legal? Quem são os beneficiários da regularização fundiária na Amazônia Legal? In: Seminário Governança de Terras e Desenvolvimento econômico, Campinas, 2016.

AZEVEDO, Flavio Ricardo. Entraves Jurídicos à Regularização Fundiária Individual no Estado do Pará: legislação fundiária paraense. 147 f. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Direito, Centro Universitário do Estado do Pará, Belém, 2016.

BECKER, Bertha Koiffmann. Amazônia: mudanças estruturais e tendências na passagem do milênio. In: MENDES, Armando Dias (Org.). Amazônia, terra e civilização: uma trajetória de 60 anos. Belém: Banco da Amazônia, 2004.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A evolução do Programa Terra Legal em oito anos de atuação. 2017 (2017a). Disponível em . Acesso em: 26 nov. 2017.

BRASIL. IBGE. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2018.

BRASIL. IBGE. Brasil em síntese. 2017 (2017b). Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2018.

BRITO, Brenda; BARRETO, Paulo. A regularização fundiária avançou na Amazônia?: os dois anos do Programa Terra Legal. Belém: IMAZON, 2011.

CAPOCCIA, Giovanni. When do institutions “bite? Historical institutionalism and the politics of institutional change. Comparative Political Studies, v. 49, n. 8, p. 1095-1127, 2016.

CAPOCCIA, Giovanni; KELEMEN, Daniel. The Study of Critical Junctures: Theory, Narrative, and Counterfactuals in Historical Institutionalism. World Politics, v. 59, n. 3, p. 341-369, 2007.

CASTRO, Edna. Expansão da fronteira, megaprojetos de infraestrutura e integração sul-americana. Caderno CRH, v. 25, p. 45-62, 2012.

CUNHA, Cândido Neto. "Pintou uma chance legal" o programa "Terra Legal" no interior dos projetos integrados de colonização e do polígono desapropriado de Altamira, no Pará. Agrária, São Paulo, n. 10 -11, p. 20-56. 2009.

FAORO, Raymundo. Os Donos do Poder: formação do patronato político brasileiro. 3. ed. rev. São Paulo: Globo, 2001.

FERNANDES, Antonin Sérgio Amiíjo. Path dependency e os Estudos Históricos Comparados. BIB, São Paulo, n. 53, p. 79 -102, 2002.

FRIEL, Daniel. Understanding institutions: different paradigms, different conclusions. Revista de Administração, v. 52, p. 212-214, 2017.

HALL, Peter; TAYLOR, Rosemary. Political science and the three new institucionalism. Political Studies, v. 44, p. 936-957, 1996.

HOLMES, Stephen; SUNSTEIN, Cass. The cost of rights: why liberty depends on taxes. Nova York: W. W. Norton & Company, 1999.

IMMERGUT, Ellen. Historical-Institutionalism in Political Science and the Problem of Change. In: WIMMER, Andreas; KÖSSLER, Reinhart (Ed.). Understanding Change. New York/Basingstoke: Palgrave/Macmillan, p. 237-259, 2006.

KLINTOWITZ, Danielle Cavalcanti. Entre a Reforma Urbana e a Reforma Imobiliária. 256 f. Tese (Doutorado). Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, 2015.

LEVI, Margaret. Uma lógica da mudança institucional. Dados NR, v. 34, n. 1, p. 79-99, 1991.

LISBOA, José Herbert Luna; LIMA, Anna Caroline Lopes Correia. Regularização Fundiária Urbana: Direito Humano à Moradia Digna, um dos Instrumentos de Combate à Desigualdade Social. Revista de Direito Urbanístico, Cidade e Alteridade, v. 2, n. 1, p. 274 – 292, 2016.

LOUREIRO, Violeta Refkalefsky; PINTO, Jax Nildo Aragão. A questão fundiária na Amazônia. Estudos Avançados, Universidade de São Paulo, v. 2, n. 54, p. 77-98, 2005.

LOUREIRO, Violeta Refkalefsky. A Amazônia no Século XXI: novas formas de desenvolvimento. São Paulo: Empório do Livro, 2009.

NORTH, Douglass. Institutions, Institutional Change and Economic Performance. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.

OLIVEIRA, Gustavo de Lima Torres. Regularização fundiária e a “corrida mundial por terras” no Brasil. Campo-Território: Revista de Geografia Agrária, v. 23, n. 23, jul, 2016.

OLIVEIRA, Natalia Altieri; FISCHER, Luly Rodrigues. Efeitos da Lei de Terras nas Relações Socioespaciais na Amazônia. Revista Brasileira de História do Direito, v. 2, n. 2, p. 19-38, 2016.

OUTEIRO, Gabriel Moraes; GÓES, David Souza; NASCIMENTO, Durbens Martins. Neoinstitucionalismo, regularização fundiária urbana e o Programa Terra Legal. Novos Cadernos NAEA, v. 19, n. 2, 2016.

OUTEIRO, Gabriel Moraes. Regularização Fundiária Urbana na Amazônia: um estudo comparativo do Programa Terra Legal nos Estados do Pará e Amapá. 257 f. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

PRIETO, Gustavo Francisco Teixeira. Rentismo à brasileira, uma via de desenvolvimento capitalista. 742 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

RIBEIRO, Alyson Fernando Alves; SILVA, Ricardo Gilson da Costa; SANTOS, Josefa de Lisboa. Política de regularização fundiária em Rondônia: limitações do programa terra legal e expectativas socioterritoriais. Confins, Paris, v. 29, p. 01, 2016.

SÁ, Rafael Amorim Martins. Regularização fundiária de interesse social: questões ambientais, sociais e jurídicas. 97 f. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Planejamento Territorial, Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Goiânia. 2017.

SAUER, Sérgio; LEITE, Acácio Zuniga. Medida Provisória 759: descaminhos da reforma agrária e legalização da grilagem de terras no Brasil. Retratos de Assentamentos, v. 20, n. 1, p. 14-40, 2017.

SKOCPOL, Theda; PIERSON, Paul. Historical Institutionalism in contemporary Political Science. In: KATZNELSON, Ira, MILNER, Helen. Political Science: State of the Discipline. New York: W.W. Norton, p. 693-721, 2002.

SOTO, Luis Gonzalo. Una revisión de los aportes del institucionalismo histórico a la ciencia política. Revista Colombiana de Ciencias Sociales, v. 7, n. 1, p. 224-241, 2016.

STEINMO, Sven. What is Historical Institutionalism. In: DELLA PORTA, Donatella; KEATING, Michael. Approaches in the Social Sciences. Cambridge: Cambridge University Press, p. 150-178, 2008.

TAVARES, Maria Goretti da Costa. A Amazônia brasileira: formação histórico-territorial e perspectivas para o século XXI. Espaço e Tempo, São Paulo, v. 29, n. especial, p. 107-121, 2011.

THELEN, Kathleen. Historical Institutionalism in Comparative Politics. Annual Review of Political Science, v. 2, p. 369–404, 1999.

TRECCANI, Girolamo Domenico. O Título de posse e a legitimação de posse como formas de aquisição da propriedade. Revista da Procuradoria Geral do Estado do Pará. Belém: Procuradoria Geral do Estado do Pará, n. 20, p. 121-158, 2009.

TSEBELIS, George. Jogos ocultos: escolha racional no campo da política comparada. São Paulo: Universidade de São Paulo, 1998.




DOI: https://doi.org/10.21783/rei.v5i2.325

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Gabriel Moraes Outeiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

                                                                                                                     

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia